≡ Menu

Como Deixar De Ser Tímido e Inseguro e Ser Extrovertido

como-tocar-uma-mulher-da-maneira-correta

Ser tímido é algo que atrapalha muito a vida social de qualquer homem, a timidez te torna retraído fazendo hesitar em diversas situações, e por consequência, perder oportunidades.

Pode atrapalhar na vida sexual, na chance de conseguir relações, atrapalha conhecer pessoas novas e até mesmo aproveitar o momento e se divertir (ser espontâneo).

Isso porque além te obrigar hesitar e perder oportunidades, traz sentimento de desconforto ao fazer certas coisas (ou ate frequentar certos ambientes).

Embora parte da timidez venha dá própria personalidade da pessoa (a forma que ela funciona Introvertida X extrovertida), por sorte ela também existe por outros fatores que podem ser modificados ao longo do tempo através de certas praticas.

Se for feito, uma pessoa introvertida pode aos poucos se tornar mais extrovertida, ou pelo menos mais sociável.

Resposta inata

Esta é específica pra quem tem dificuldade de conversar com desconhecidos ou começar assuntos com desconhecidos. Não me refiro a parte de manter a conversa, mas iniciá-la (mesmo no caso onde já existe um assunto disponível). A sensação neste caso é semelhante a um alerta de perigo, ansiedade ao se aproximar.

Essa resposta inata existe no nosso organismo como uma herança ancestral, acontece que em épocas remotas flertar com uma mulher poderia provocar a ira de outro pretendente (resultando em morte) ou ainda (considerando que em tribos há poucas pessoas da mesma idade) em caso de rejeição poderia significar que a pessoa perdeu uma das únicas chances possíveis de ter uma parceira.

No caso de outros desconhecidos (homens) poderia significar encontrar com um inimigo da sua própria tribo, o que é igualmente arriscado. Logo, o medo se mantêm no nosso corpo como uma herança ancestral (mesmo não se aplicando racionalmente aos dias atuais).

Existem três formas de driblar esta resposta orgânica que nos impede de ser espontâneos:

Se tornar resistente a tensão e pressão. Saber aguentar o stress provindo pelo seu corpo, para fazer isso, Inicialmente você pode conversar com pessoas aleatórias na rua, shoppings, etc. Tente todo dia começar uma conversa simples com desconhecidos.

Talvez pedindo opiniões ou informações. Tente ainda ter um gancho pra estender a conversa pra outro campo (como pedir a opinião sobre um presente, depois dizer que é aniversario de uma prima pequena sua e a partir daí ter uma interação inofensiva.

Ou ir numa loja de roupas e pedir uma roupa para uma entrevista de emprego e conversar sobre, talvez perguntar como é trabalhar ali). O que você deve treinar é começar conversas com desconhecidos relacionados a um tópico inofensivo e treinar deste tópico para começar o diálogo.

Outra opção é usar uma roupa que chame atenção apenas para aumentar a pressão sobre você. Ou ainda fazer coisas que o exponha, como teatro. Essas dicas finais é para se acostumar com níveis elevados de pressão (assim no dia a dia, será mais fácil lidar com pressões menores).

A segunda forma é ignorar a tensão gerada pelo corpo. Literalmente tirar a atenção dela, você pode fazer isso com técnicas de meditação. Uma delas é a ‘’atenção plena’’.

Você tenta se sentir no momento presente de forma completa, prestando atenção em tudo que você sente com cada um dos cinco sentidos. O que você vê pelos olhos no ambiente, os barulhos do ambiente, o ar entrando nos pulmões, o tato em cada parte do seu corpo, a saliva na sua boca, etc.

Se você sofre de ansiedade saiba que essa é uma técnica clínica para controlar surtos. Se o fizer, mesmo a tensão existindo no corpo, você não irá percebê-la.

Outra opção mais complexa é respirar por 4 segundos, prender por 4 segundos, e soltar por 4 segundo. Enquanto isso esvazie a mente pouco a pouco até não restar nenhum pensamento, apenas um profundo vazio.

A terceira forma que é a mais simples. É converter o stress em energia. Em vez de lutar contra a ansiedade, aceitá-la em cada parte do corpo e ir para a interação com essa sensação de perigo. Tente sorrir e sentir ela como adrenalina em vez medo. Isso basicamente muda a forma como seu corpo interpreta a situação.

Aumentar seu repertório de comportamentos

O segundo fator que produz timidez é ter um baixo repertório de comportamentos. Há uma crença de que nós humanos nos comportamos livremente, mas não é bem assim.

Cada comportamento que você tem, as formas que se expressa e até as palavras que usa com frequência foram registradas no seu corpo. Esse registro se chama ‘’Repertório comportamental’’.

Basicamente você adquire novos comportamentos da seguinte forma: um comportamento já existente é modificado (por um processo introspectivo), então você se comporta. E… Se o comportamento for bem-aceito pelas pessoas do ambiente (ou recompensado de alguma forma), então ele é registrado no organismo.

Caso for mal aceito ou punido de alguma forma, ele é retirado do organismo, quanto mais comportamentos você tem registrado no corpo, mais espontaneamente você se comporta.

Na maior parte das vezes, as pessoas são tímidas simplesmente por terem poucos comportamentos em seu repertório (fazendo elas tenderem a introspecção, tornando-as menos espontâneas).

Pessoas que não se socializam com frequência simplesmente não criam oportunidades para crescer seu repertório. Pessoas que já foram humilhadas ou sofreram bullying no passado, tiveram seu repertório reduzido.

E as vezes tão drasticamente que o organismo passa a entender ambientes sociais como uma repetição dessa lembrança. Daí a fobia social que é um caso mais complexo. No caso de fobia social ou de os treinos descrito aqui estiverem além dos seus limites, sugiro procurar um profissional da saúde mental para um tratamento mais profundo.

Formas de aumentar o repertório comportamental

Uma forma de acelerar o processo natural de criação de comportamentos para o repertório é criar os comportamentos novos antecipadamente. Como assim?

Tente pegar um caderno e começar a anotar tudo que você pode usar em interações. Historias que você tem pra contar, piadas, assuntos que domina, brincadeiras, notícias que você viu, etc.

Após ter memorizado o que deseja fazer e ter opções o suficiente, treine elas, teste elas. Vá em ambientes que possa usar o que anotou (até mesmo no seu próprio círculo social) e as use.

Se for bem recebido ela será registrada no seu organismo (pode ser necessário mais de uma aprovação). E com o tempo se tornará algo natural e passará a ser parte do seu repertório.

Se não for aceita, modifique a forma que usou sua anotação (como se expressou, as palavras que usou, etc) para tentar novamente ou pule para outra anotação.

Este é um processo muito parecido com criar roteiros de teatro, ao criar um roteiro que narre uma história e até mesmo criar um show de stand-up. Todos sabem: ‘’Não é o que você diz, é como diz. E quanto mais cartas na manga melhor’’.

Em algum momento você terá tantos comportamentos registrados, que seu organismo poderá criar comportamentos novos rapidamente. Em outras palavras: espontaneidade.

Ao passo que adquire comportamentos, você também deve treinar a criação espontâneas deles. Isso se faz treinando improviso. Abra uma palavra num livro aleatória e tente ligar de alguma forma a palavra aleatória de alguma história do seu caderno ou criar um assunto com essa palavra do nada.

Com o tempo você melhorará sua habilidade de conversar naturalmente. Treinar criar Raps e poemas cronometrados (que até pode ser usado como brincadeira em certas ocasiões) fazer stand-up na frente do espelho, ate mesmo contar historias para si mesmo e tentar deixá-las mais emocionantes.

Com a pratica você prenderá atenção e fará as pessoas rirem até com as suas memória mais simples, consequentemente, sua sociabilidade, carisma e espontaneidade serão melhorados.

Dicas adicionais:

  • Passe a usar mais os áudios nas redes sociais, faça mais ligações e use os stories de forma criativa. Tudo pode ser usado para praticar.
  • Se exponha conversando com desconhecidos quando tiver oportunidade.
  • Aumente a atenção que você recebe para colocar mais e mais pressão sobre você. Para se acostumar.
  • No início, escolha lugares e ações que seja mais fáceis para você. Aumente gradativamente.
  • Se sua mente começar a te sabotar, aja sem pensar sobre (nos primeiros 3 segundo que ver a oportunidade). Isso no caso de realmente não querer perder aquela situação em especifica e já ter se preparado. Isso impede não dá tempo para a ansiedade agir.
  • Não rejeite convite dos amigos para sair. Mesmo se o lugar não for agradável. Cada pequena interação é uma chance de aprender.
  • Sempre observe os mais extrovertidos e também vídeos de pessoas flertando pode tirar algo proveitoso para seu ‘’caderno’’.

Por fim observe, anote, treine, saia e interaja.

Renato Marques

Entendi, mas o que eu faço agora?

Aprendi da maneira mais difícil que mesmo após ter entendido tudo o que está aqui, ainda sim é importante trabalhar o processo de sedução desde o inicio para ter sucesso com as mulheres.

Existem cursos presenciais de ótima qualidade mas que infelizmente possuem preços nem um pouco acessíveis, e portanto muitos homens que precisam desse conhecimento não vão poder ter acesso.

Como sei que é fundamental para ter sucesso com as mulheres aprender tudo sobre atração e sedução, digo por experiência própria que o curso do Bruno consegue te ensinar tudo o que você precisa saber para fazer qualquer mulher sentir fortes desejos por você.

Você vai perceber que os resultados do curso completo são bem mais satisfatórios do que aplicar uma única técnica por vez.

exclusivo