≡ Menu

Como Deixar Uma Mulher Doida De Prazer Na Cama

como-deixar-uma-mulher-doida-de-prazer-na-cama

Se você acompanha este site a muito tempo já deve ter percebido que é inegável um homem de valor saber dar prazer adequadamente para uma mulher na cama de maneira adequada.

E também não é segredo para ninguém que muitos dos caras com quem elas transam não são muito eficazes na hora do sexo.

Neste artigo vou explicar como deixar uma mulher doida de prazer na cama utilizando coisas muito básicas que simplesmente são negligenciadas pela maioria dos homens na hora da transa.

Formas de agir e pontos a usar (isso afeta a percepção do prazer)

Veja o corpo como um todo: Principalmente nas preliminares, explore o corpo dela como um todo, cada zona erógena, cada área sensível, de mais de uma forma diferente, e vá testando as reações dela, as vezes em mais de um ponto ao mesmo tempo.

Leve e macio: Saiba alternar entre formas de pegar com firmeza pra ter pegada (na cintura, coxas, nádegas, pegar com confiança) e provocações macias (arranhar as costas, deslizar as mãos pelas partes internas das coisas, deslizar os dedos pelo pescoço, etc).

Nuca e bunda (boa combinação): A nuca é uma área muito sensível, que impacta na noção de pegada. Passe os dedos entre os cabelos, da parte de baixo pra cima, segurando a nuca dela quando for beijar.

Causa arrepio pelo deslizar e tem a sensação de controle da pega. Em posições quando for penetrar (principalmente de quatro, puxe os últimos fiozinhos na nuca levemente que causam arrepios).

Aproveite para dar tapas na bunda se ela gostar ou mexer nela com mão cheia.

Orelha: Use a língua para lamber levemente ao redor dela e nos lóbulos (nunca dentro), bafore falando sacanagens no ouvido quando possível entre um beijo e outro e na hora de penetrar.

Fica a sua criatividade e intimidade do casal. Mas nas preliminares foque em coisas relacionadas a tesão, como ela está te enlouquecendo por exemplo.

Na penetração, ofensas, chamar de safada, narrativas do que está fazendo, descrições táteis, combinam mais.

Pescoço e ombros: Beijar, morder levemente, baforar, deslizar os dedos, vai do momento.

Costas: Você pode beijá-la, arranhar, deslizar os dedos também com as duas mãos.

Para os mamilos

Você pode deslizar os dedos sobre as laterais do seio (mas não são todas que tem sensibilidade aí), você pode fechar os lábios ao redor de um dos mamilos, enquanto sua língua por dentro dá pequenos petelecos na ponta e os lábios provocam os arredores.

Outro movimento é fazer os lábios deslizarem na ponta dele enquanto sua língua dá batidinhas (como se estivesse “masturbando”) ele.

Ou ainda apertar um pouquinho com os lábios enquanto sua língua desliza sobre a ponta dentro da sua boca.

Você pode com um dos dedos apertar o mamilo pra dentro e usar outros dois dedos pra tentar fechá-lo em pequenas provocações. Você pode beijar, deslizar os dentes e dedos ao redor do seio (não do mamilo). Entre outros.

Brinque aos arredores do corpo

Escale beijos entre as coxas, subindo entre as pernas pode aproveitar para deixar sua barba deslizar entre elas, aumentando a estimulação.

Faça jogos de aproximação até as áreas mais sensíveis.

No caso do clitóris, não custa lembrar nunca vá direto a ele! Provoque os arredores, os lábios vaginais, as bordas, etc. Até ele começar a aparecer.

Acaricie ele com a língua, uma língua macia e sua suave, não rígida. Você pode querer continuar com sexo oral, masturbar ela ou até atingir o ponto G.

Técnica do pincel

Uma técnica interessante para melhorar seu sexo oral, é imaginar sua língua como um pincel pintando um quadro. Dê linguadas amplas, mas precisas.

Não muito demoradas entre um pulso e outro (mais ou menos na velocidade que se usa um pincel). A língua de estar macia, úmida, e ter pouca força.

Mire no clitóris como ponto central, mas pegando mais áreas ao redor.

Técnica de provocação com o pênis

Após o clitóris já estar visível e ela molhada, use sua glande para massagear de forma suave os grandes e pequenos e grandes lábios, a parte mais externa do clitóris e a entrada do canal vaginal.

Quando for penetrar, não enfie tudo, mas comece dar pequenas entradinhas apenas com a glande (penetrações rasas e macias). Quase como se massageasse a parte mais externa da do canal vaginal em vez de uma penetração propriamente dita (vai penetrar, mas só sua glande).

Quando for penetrar, use o movimento da cintura para penetrar de forma suave algumas estocadas rasas, e de forma aleatória, vá acrescentando com algumas mais profundas. Notará que essa alternância deixará ela mais excitada e lubrificada. Conforme ela se excita você começa aumentar a firmeza das estocadas e a profundidade.

Técnica com dedos

Enquanto está fazendo essa técnica (alias, por todo o sexo, incluindo a penetração), fale, se possível olhando nos olho. Tente usar voz grossa, e se estiver perto dela, baforada.

Palavras de sacanagem são um acréscimo gigante para o prazer dela. Muitas vezes apenas o fato de estar falando algo pode fazer esse sexo ser memorável.

Mas enfim, voltando aos dedos, coloque a palma da mão sobre a vulva dela e pressione contra seu monte pubiano com a base de sua palma. Deixe que seus dedos cubram a área da vulva como uma cortina.

Deixe que ela empurre a sua palma e use o indicador e o dedo médio para fazer um movimento rítmico para cima e para baixo como o gesto “vem tigrão” sobre a abertura vaginal.

Estimule suavemente a glande clitoridiana (a “bolinha”) com a ponta de seus dedos.

Para maior variedade alcance a parte interior da vagina pressionando-os lá dentro gentilmente contra o teto vaginal como se você a estivesse levantando da cama.

Essa é uma maneira ideal de estimular o clitóris e o ponto G simultaneamente.

Provoque o clitóris com outro estímulo junto

Posições que você tem acesso a ele, como o papai e mamãe, você pode em vez de uma penetração feroz, usar penetrações leves com movimentos suaves com a cintura, isso pra você poder usar seus dedos e se concentrar em massagear o clitóris suavemente enquanto se movimenta.

Ela vai ter duas estimulações me uma. O ritmo terá que achar na prática. Use isso para adiar seu próximo orgasmo também.

Algumas dessas técnicas, já são consideradas levemente avançadas, vindas do tantra. Mas com a informação de hoje, já são consideradas de uso público.

Se combinado este artigo sobre guia das zonas erógenas básicas femininas, ritmo de penetração, e preliminares, acredito que você já será um destaque entre a maioria e será capaz de deixar ela doida de prazer na cama.

Renato Marques
Últimos posts por Renato Marques (exibir todos)

Entendi, mas o que eu faço agora?

Aprendi da maneira mais difícil que mesmo após ter entendido tudo o que está aqui, ainda sim é importante trabalhar o processo de sedução desde o inicio para ter sucesso com as mulheres.

Existem cursos presenciais de ótima qualidade mas que infelizmente possuem preços nem um pouco acessíveis, e portanto muitos homens que precisam desse conhecimento não vão poder ter acesso.

Como sei que é fundamental para ter sucesso com as mulheres aprender tudo sobre atração e sedução, digo por experiência própria que o curso do Bruno consegue te ensinar tudo o que você precisa saber para fazer qualquer mulher sentir fortes desejos por você.

Você vai perceber que os resultados do curso completo são bem mais satisfatórios do que aplicar uma única técnica por vez.

exclusivo