≡ Menu

Ela Não Aceita o Fim Do Relacionamento? Saiba Como Reagir

homem-nervoso

Vocês já devem ter ouvido falar de situação onde homens não aceitam o término da relação, tentam voltar ou se não conseguir, tentam ferrar a mulher de todas as formas. Bem, acontece que as mulheres também fazem isso com muita frequência.

São tão perigosas quanto, todavia, vão tentar ser mais sagazes no sentido de te prejudicar (sem algo explícito). E para bem ou para mal, esse tipo de mulher costuma ser 8 ou 80.

Neste artigo será falado sobre como lidar com uma mulher que não aceita o fim do relacionamento, bem como alguns possíveis comportamentos que ela poderia ter.

Como identificar que ela provavelmente não aceitará fim do namoro?

Baixa resistência a frustração e estresse – Se ela é do tipo que se irrita facilmente quando as coisas não sai quando ela quer. E quando se irrita desconta aleatoriamente sua raiva.

Ou ainda que ela tem tendência distorcer suas palavras exagerando seus erros, é muito possível que ela seja esse tipo. Afinal vingança de ex namorada, é basicamente uma combinação de não saber lidar com frustração e raiva descontrolada.

Obsessiva – O transtorno obsessivo se refere a quando você tem uma ideia fixa que não consegue tirar da mente. Quase sempre de um conteúdo que cause ansiedade. Os pensamentos simplesmente invadem a mente e se fixam.

A pessoa fica martelando um mesmo problema repetidas vezes. Principalmente medos.

Nesse caso, é bem capaz que o término fique rebobinando na mente dela e ela não seja capaz de te esquecer (ou tudo isso se converta em raiva).

Claro, isso depende da dinâmica mental dela, não é o único fator.

Possessiva, dissimulação e falta de empatia – Se mais do que um ciúmes saudável ela fica histérica a qualquer lampejo de ciúmes te xinga, te proíbe de fazer as coisas, é invasiva e principalmente, quando isso é jogado contra ela (ou você sente um pouco de ciúmes) ela retruca.

Ainda se ela reclama quando não está do jeito dela, mas se você reclama ela te ignora (falta de empatia).

Isso combinado as características anteriores significa que ela não suporta estar por baixo, não sabe lidar com as próprias emoções, frustrações e vai descontar em você sem se importar).

Óbvio que quando terminar o relacionamento com alguém assim, a última coisa que ela faria seria seguir em frente.

O que ela pode fazer?

Tentar denegrir sua imagem (falar mal do seu sexo, de como você agia na relação, se fazer de coitada, etc). As vezes até publicamente.

Te perseguir em todas as redes socais

Estragar seus relacionamentos e amizades.

Tentar ter momentos românticos com você (forçando a barra).

Ficar querendo tirar satisfação do que você faz.

Fazer provocações como ciúmes, coisas que te ofenda ou que tente propositalmente te deixar pra baixo por terminar com ela, mas de uma forma mais infantil, como alfinetadas.

Ir nos lugares que você vai e sair com seus amigos pra sufocar suas interações.

No nível mais perigoso tentar causar danos físicos (principalmente a nível sexual). Sério, não beba ou coma algo de um ex namorada se você não sabe o nível da raiva dela. E a título de curiosidade, ela não precisa te matar, existem ervas/venenos caseiros que agem lentamente no organismo prejudicando funções.

Ela te procura no emprego e lugares inapropriados.

Fazer chantagem emocional jogando na cara ela fez por você.

Tentar causar arrependimento dizendo que ama você ou tentando buscar sentimentos seus por ela.

Como agir com uma garota que não aceita o término?

Uma última conversa franca: quase sempre esse estado super determinado/vingativo pode ser por conta de como o término ocorreu. Você não soube usar as palavras ou o motivo que ofereceu não parece justo pra ela.

Uma última conversa pode colocar as coisas no lugar e ajudar ela enfrentar a situação. Tente fazer com que isso soe como um legítimo final.

Não brigue, se ponha no lugar dela. Mas diga que não há mais chances de vocês ficarem juntos. Explique também o que levou a isso, e como se desgastaram.

Cortar laços – Após a última conversa exclua das redes sociais, evite vê-la ou ir nos lugares que poderia encontrá-la. As vezes até cortar laços temporariamente com amigos em comum ou pedir para eles não falarem de você.

Se ela tiver notícias suas pode reviver essa obsessão ou raiva. Mine as fontes de notícias. O objetivo é sair do mundo dela para ela não lembrar de você.

Não dê esperanças – Diga que ela tem que seguir em frente e que não pretende voltar pra ela. A fagulha mínima de esperança pode ser distorcida na mente dela pra um “talvez”. Qualquer coisa como “não nego que ainda gosto de você, mas…” (ela vai parar de ouvir após a primeira frase).

Se ela pedir satisfação, não dê nem se explique. Ela não deve ter notícias, então simplesmente diga que não precisa dizer nada a ela.

Use terceiros – Se pedir para um terceiro dar um recado vai soar ainda mais feio pra ela do que se você disser.

Porque é como “você nem mesmo quer vê-la”. Isso funciona melhor se ela te procurar no trabalho ou lugares inapropriados para que ela perceba o comportamento ridículo dela. Mas usar uma namorada talvez não seja a melhor ideia (pode deixar ela mais revoltada).

Peça espaço – Diga que está incomodando, e que ela só esta manchando a memória de vocês. Peça pra ela partir sem causar mais problemas enquanto ainda é uma lembrança boa. Diga que quer viver sua vida e peça ela pra viver a dela.

Se está causando problemas (o tipo vingativa) – Recorra na justiça. Quase todo tipo de dano intencional tem recursos na justiça para lhe dar.

Procure um psicólogo comportamental – Esse tema possuí muitas variáveis. Um psicólogo pode te ouvir e te ajudar encontrar as melhores ações. Uma das funções da terapia é fazer o paciente perceber novas possibilidades.

Aqui funciona muito bem, um profissional do comportamento pode ajudar a você a prever os comportamentos dela, te ajudando a evitar possíveis erros.

Mande mensagens que possam ser gravadas – E-mail ou ligação (que tenha formas de gravar). Assim você tem a perseguição dela como prova.

Tanto para se defender socialmente quanto na justiça caso precise recorrer. O basta também pode ser assim se preferir.

Em caso de chantagem emocional diga que sente muito que ela se sinta assim. Mas que nem você nem ela podem se prender ao passado. Você não pode limitar sua vida pelo que ela sente. E se ela fizer isso ela só sofrerá mais já que você não vai mudar de opinião.

Renato Marques

Entendi, mas o que eu faço agora?

Aprendi da maneira mais difícil que mesmo após ter entendido tudo o que está aqui, ainda sim é importante trabalhar o processo de sedução desde o inicio para ter sucesso com as mulheres.

Existem cursos presenciais de ótima qualidade mas que infelizmente possuem preços nem um pouco acessíveis, e portanto muitos homens que precisam desse conhecimento não vão poder ter acesso.

Como sei que é fundamental para ter sucesso com as mulheres aprender tudo sobre atração e sedução, digo por experiência própria que o curso do Bruno consegue te ensinar tudo o que você precisa saber para fazer qualquer mulher sentir fortes desejos por você.

Você vai perceber que os resultados do curso completo são bem mais satisfatórios do que aplicar uma única técnica por vez.

exclusivo