≡ Menu

Minha Namorada Gasta Muito Dinheiro Qual a Melhor Solução

minha-namorada-gasta-muito-dinheiro

Por questão cultural, pressão social e talvez até ego dos homens somado a necessidade de agradar, muitos acabam torrando muito dinheiro com as mulheres que saem, ou fica bancando a namorada e fazendo de tudo pra agradá-la sem se importar em jogar dinheiro fora.

Fazer isso tem seus pontos positivos, mas também tem seus negativos, e um descontrole disso além dos problemas financeiros, pode fazer você perder muito valor aos olhos dela, perdendo junto a relação.

Desconstruir essa necessidade de pagar as contas sozinho, saber se impor quando ela gasta mais do que deve, saber o quanto gastar com a namorada e como cortar os gastos, tudo isso é fundamental. E sobre isso que vamos falar neste post.

É normal gastar muito dinheiro em um relacionamento?

A resposta é depende. Como vocês organizam as finanças? Ela trabalha ou só você? Ela ajuda na casa se não trabalha?

Vocês ganham em proporções equivalentes ou não? Tudo isso deve ser levando em consideração.

Há casais onde apenas o homem trabalha, e ele gasta o dinheiro com a parceira. Onde ela trabalha, e os dois dividem igualmente. Onde os dois trabalham, mas ganham em proporções diferentes e ajudam com base na proporção que ganham.

Depende da estrutura da relação. A questão que você deve pensar: “é justo?” Você tem que decidir se está incomodado ou não. Fora isso há alguns princípios a se pensar.

O merecimento dela

Você nunca deve encher de presentes uma garota fria, distante, preguiçosa, que não se sacrifica em nada por você, mas se ela te trata bem, sempre carinhosa, sempre fiel então sim, dê presentes, gaste com ela a vontade.

E lembre sempre que é porque ela merece. Porque ela é uma boa namorada. Isso reforça o bom comportamento.

Mas não tente comprar ela com isso. Seus gastos devem transparecer sua admiração por ela ser tão boa parceira.

Seja justo e pé no chão

Se ela trabalha, então ela pode dividir contas com você. Não tem porque você pagar tudo. Mas se você ganha muito mais é natural que pague algumas coisas vez ou outra.

O mesmo vale pra ela caso ela ganhe mais. Na caso de serem namorados, a resposta é simples. Você quer gastar? Não por pressão, mas porque você tem e quer gastar. Entenda que você nunca deve ficar constrangido de dizer não. Claro, de uma forma educada. Mas você pode, e deve negar quando não quiser fazer algo.

Como ela te trata quando você não tem dinheiro

Não é prudente sempre pagar tudo porque assim ela se acostuma. E você também não quer uma interesseira, certo?

Alterne. Diga de vez em quando que não pode gastar. Mas em outro momento gaste. Ela deve entender que você não vai gastar quando não quer.

Observe como ela te trata quando você não tem dinheiro. Talvez você precise se questionar a respeito do caráter dela.

Reconheça o que ela faz

Se os outros avisos são para tomar cuidado com os gastos vale a pena também alertar para não ser muito “mão fechada”.

Se ela cuida da casa e não trabalha, e você de fato tem condições de gastar com ela, mesmo que seja um pouco sacrificante, vale o esforço.

Porque ela está vivendo só em função de fazer as coisas pra você. Então nesse caso sim, você deve mimar ela.

Do contrário ela só vai se desgastar e ir ficando depressiva e odiando a condição de vida, estresse acumulado prejudica a relação, pois é atribuído a você.

Como não gastar de mais?

Apenas um adendo. Nunca diga que ela gasta de mais. Mulheres ironicamente odeiam serem colocadas no estereótipo de “mulheres que gastam”, mesmo quando é verdade.

Quando precisar se impor, diga a ela que não está podendo gastar muito e espera que ela entenda, ou que não pode gastar porque tem outro objetivo em mente.

Se for uma relação e ela quer gastar com algo fútil, diga que não utilidade nem motivos pra gastar com aquilo, não naquele momento, pois tem outras prioridades.

Em outras palavras, se imponha, seja assertivo. Mas não precisa ter medo de falar o que pensa. Mulheres encaram isso com mais naturalidade que a gente.

Somos nós, homens, que somos complexados em querer pagar tudo e nos sentimos mal quando não podemos. Porque consideramos que é uma responsabilidade nossa.

Tem homens que fazem o oposto. Pedem pra elas pagarem algumas coisas pra eles. Nem que seja coisas simples como um chiclete.

Esse ato, se não pender pro folgado, mostrará uma certa confiança, pois mostra que não tem necessidade de aprovação. Isso é inclusive melhor do que os caras que ficam pagando tudo que as mulheres pedem.

Como controlar os gastos no relacionamento

Para controlar os gastos no relacionamento é necessário antes de mais nada conversar com a sua mulher e deixar claro as suas prioridades, assim será  possível separar dinheiro para os gastos triviais e cortar os gastos desnecessários.

Separe as Prioridades

Separe o que é desejo e necessidade. O que é prioridade pra vocês no momento e não desvie disso.

Converse com sua parceira quais são seus objetivos no momento. E mantenha eles em foco pra resistirem a tentação de gastar com coisas desnecessárias.

Converse

É interessante estipular desde o início como o dinheiro vai funcionar. Vocês vão dividir as contas igualmente? Em proporção ao que ganham?

No caso onde só você trabalha, você pode estipular quanto pode gastar com ela e perguntar se ela concorda. Aqui não tem como dar dicas, é dialogo.

Exponha os seus pontos e ouça os dela. Achem um meio termo. Se não puderem dialogar nem isso, não estão preparados pra terem uma relação.

Cortem gastos

Na hora de cortar gastos, nunca fique culpando ela totalmente, se apontar um erro dela mostre um erro seu também.

Diga sempre “nós estamos gastando muito, precisamos economizar”. Ênfase no “nós”. Jamais culpe ela sozinha. Mesmo que seja verdade, isso só vai impedir um diálogo.

Na hora de cortar gastos, os dois devem fazer sacrifícios. Na hora de cortar algo, procure cortar algo dela e algo seu, ou algo que os dois fazem. Vocês devem estar de acordo.

Jamais mude abruptamente seu comportamento, faça isso devagar. Se você estava namorando, pagando tudo e depois parar de repente, ela vai achar que você relaxou por ter cativado ela.

E ai ela já pensa em namoro abusivo depois de casados. Porque vai se questionar de que forma mais você pode mudar. Se for pra mudar a atitude faça isso devagar.

Renato Marques

Entendi, mas o que eu faço agora?

Aprendi da maneira mais difícil que mesmo após ter entendido tudo o que está aqui, ainda sim é importante trabalhar o processo de sedução desde o inicio para ter sucesso com as mulheres.

Existem cursos presenciais de ótima qualidade mas que infelizmente possuem preços nem um pouco acessíveis, e portanto muitos homens que precisam desse conhecimento não vão poder ter acesso.

Como sei que é fundamental para ter sucesso com as mulheres aprender tudo sobre atração e sedução, digo por experiência própria que o curso do Bruno consegue te ensinar tudo o que você precisa saber para fazer qualquer mulher sentir fortes desejos por você.

Você vai perceber que os resultados do curso completo são bem mais satisfatórios do que aplicar uma única técnica por vez.

exclusivo