≡ Menu

O Que É Instinto Primitivo Masculino

o-que-e-instinto-primitivo-masculino

Ao flertar, há homens que planejam cuidadosamente o que vão fazer, homens que se guiam pelo impulso, e homens que reagem ao fluxo. Estamos nos referindo especificamente há razão, instinto primitivo (reflexo evolutivo), e intuição (instinto social).

O senso comum tem crenças muito errôneas quanto aos três, considerando o ser humano puramente racional ou considerando que em situações sociais é só “ser ele mesmo” que tudo vai dar certo.

Neste artigo vou explicar exatamente o que é o instinto masculino primitivo e como utiliza-lo da maneira mais adequada.

Razão

Nós costumamos falar que o ser humano é racional, que ele pensa livremente e faz escolhas sãs mas não é bem assim.

Pense por um momento, vivemos em um universo causal, tudo tem um porque, leis físicas que regem os eventos. Como então uma pessoa pode tomar uma decisão se resumindo em “ela quis assim?”, o que é o processo que gera o “querer”?

É um órgão que produz um pensamento (o cérebro), e por ser um órgão ele possuí um sistema pra funcionar. Esse sistema se baseia em processar os dados que recebe direcionando seu comportamento a uma resposta/decisão.

Sendo assim escolhas na verdade seriam resultados de equações que organizaram os dados recebidos. Podemos colocar a própria noção de livre arbítrio em chegue a partir desse raciocínio.

E se acompanhou os posts até aqui, já percebeu o quanto somos condicionados pelo meio. O que chamamos de razão, a ilusão da capacidade de pensar, na verdade é a capacidade de reconhecer padrões.

Nós somos capazes de organizar os dados e partir disso (por reconhecer um padrão) poder supor a partir dessa percepção de “ordem dos eventos” uma nova hipótese. Linguagem, matemática, filosofia, e todas as formas de raciocínio não são mais do que observar um padrão e criar em cima dos anteriores.

Intuição (instinto social)

Quanto ao instinto social, se baseia nesse “sistema” que o cérebro tem. Quanto mais dados você tem, mais adaptado se torna ao meio, pelo sistema do próprio cérebro vai te programar para agir. Mas tenha em mente que essa programação possuí erros.

Dando alguns exemplos para entender na prática:

Supondo que uma garota lhe dê um teste, fazendo uma certa crítica. Então você dá uma resposta muito ruim e as pessoas riem de você.

Organicamente falando, seu organismo vai perceber que essa resposta não foi adequada, e vai tirar ela do seu organismo. Sendo que você não vai tentar ela em outro teste semelhante.

Mas supondo que você dê uma resposta e passou no teste, o que rendeu uma aproximação com a garota.

Diante de um mesmo teste em situação futura, seu organismo vai lapidar ainda mais a resposta, e vai se sair ainda melhor.

O termo pra isso é “modelagem”, quanto mais eventos sociais você tem, mais você é modelado pra se sobressair na base da intuição. Pois seu corpo vai te impulsionar para o melhor comportamento adequado com base no que você viveu.

Outro exemplo, vamos imaginar que você peça dinheiro a seu pai num momento que ele está discutindo contas. E então ele nega com raiva. Mas então você pede em um momento onde ele está vendo o jogo de futebol, e então ele dá.

Seu corpo vai reconhecer isso, então você vai ter tendência a pedir dinheiro ele quando ele está vendo o jogo. Pois seu corpo aprendeu que isso da mais certo. O nome disse é discriminação de estímulo. Capacidade de interpretar, o tato social.

No contexto do flerte, isso seria equivalente há você discriminar expressões faciais dela, postura, quais palavras você deve ou não usar, etc. Seu corpo aprende o que é ou não eficaz.

Mas agora perceba um detalhe. Em ambos os casos, é possível que você não perceba conscientemente que seu pai estava vendo o jogo quando te deu o dinheiro ou que aquela piada foi mais eficaz.

Mas ainda assim isso é aplicado ao seu organismo. Quando falamos de intuição, estamos falando dessa “inteligência” do corpo, da programação. A programação que te faz ter o impulso para ter esses comportamentos úteis.

Já se você pensasse sobre isso, e reparasse conscientemente que seu pai é mais propenso a dar dinheiro assistindo jogo, e então planejasse seu comportamento em cima disso, usaria a razão, não a intuição.

Mas entenda que ambas são falhas, se você recebe muitos foras de mulheres loiras por exemplo, existe uma chance grande de seu corpo aprender que loiras são um perigo, e você passa a evitar flertar com loiras ou se sentir mal perto delas. Erro de intuição.

Da mesma forma, é possível que obtenha sucesso num flerte por sua linguagem corporal, mas ao pensar sobre, você cogita que foi as palavras que escolheu pra abordar. Então quando for flertar de novo com as mesmas palavras você leva um fora (porque cometeu um erro no reconhecimento do padrão).

O que é o instinto primitivo masculino

O instinto primitivo, por sua vez são os impulsos, reflexos, comportamentos, que existem no nosso corpo por questões evolutivas. Foram úteis em épocas remotas, e se mantém até hoje.

O medo de flertar (porque poderia comprar brigas), a competitividade com outros homens (que gera o nosso ciúmes), o desejo inconsciente de procriar ou fazer sexo o máximo possível com um número grande de mulheres, etc.

Como as duas anteriores tem seu pós e contras. Da mesma forma que pode nos dar impulso, sentimento de masculinidade, confiança, vigor, etc.

Alguns instintos não são mais condizentes com a realidade (como o medo de abordar garotas ou flertar em mesas que tem outros homens).

Como e quando usar a razão

Veja bem, um homem que usa a razão, vai fazer uma lista com todas as suas piadas, histórias, notas (como quais comportamentos, gesticulações e posturas corporais deve ter), e então vai sair e flertar.

Depois vai analisar calmamente quais foram mais eficazes e buscar um porque nisso. Quais demonstrações valor teve? Quais inversamente a isso teve? Esqueci o conforto?

Então, achando as falhas ele vai pensar no que poderia ter feito de diferente e fazer novos planos. E vai continuar lapidando suas ferramentas.

Entretanto, este deve ter cuidado com alguns pontos. Um deles é a distorção cognitiva (auto sabotagem), o que é uma falsa racionalização.

O homem racional também vai avaliar o comportamento das garotas de forma lógica, o que ela demonstra (linguagem corporal, atitudes, etc). Não o que fala ou o que sente sobre ela. Essa frieza é boa pra não cometer erros dentro da relação.

Mas ainda dentro disso, ele deve ter cuidado pra não depender tanto da razão. Pois é possível que a garota queira beijá-lo por exemplo, mas por ele não ter notado um “dado” que prove isso ele prefere não arriscar.

Então em questão de arriscar, de verificar a reação momentânea dela, ao sentir que ela está ou não a fim, o que vai dizer antes do beijo, e coisas do gênero, são bons momentos pra se guiar por intuição, não razão.

O racional deve ter cuidado também com o jogo interno. Ele pode depender de mais de ter um caderninho a mão com tudo anotado, e esquecer de trabalhar seu jogo interno pra ficar confiante.

Ele também pode passar a ter medo de improvisar, o que é extremamente necessário quando a garota vem com testes.

Uso correto da intuição

Por a intuição ser programação, você não tem controle sobre. Você simplesmente vai ter que ter várias experiências flertando e seu corpo aprende naturalmente as melhores reações.

Testando na prática as coisas que anotou pela razão você aprimora mais a aprendizagem do seu corpo.

Tendo muita experiência social, você acaba por saber interpretar pequenos gestos dela, como olhares, um sorriso aqui e acolá, vai saber ler as entrelinhas das falas dela e coisas do tipo.

A dica de como usar a intuição é, flerte muito, e mantenhas seus sentidos apurados, observe nela cada gesto, sorriso, olhar, as palavras escolhidas, etc. Observe também como outros homens flertam.

E quando for interpretar o que pode ou não fazer (como se deve beijar ela ou não), se deve falar ou não, se guie pela intuição. O mesmo pra ler a vibe dela e do ambiente, o clima geral.

Deve ter cuidado, pois como a intuição é algo impulsionada pelo corpo, sempre vai vir com emoções. Se ela for de cunho negativo, observe se seu corpo aprendeu algo errado em outro momento.

Usa a razão e tente pensar porque está sentindo aquilo. É uma distorção cognitiva? É uma experiência passada que está me fazendo hesitar? Estou inseguro?

Usar o instinto primitivo masculino

É sim possível deixar seu instinto te levar. Quando você vê uma garota atraente, desperta seu desejo e você vai falar com ela e diz simplesmente que gostou dela com muita confiança.

Você sente vontade de beijar (e pela intuição percebeu que dá pra criar um clima) você beija.

É tudo muito simples, você sente desejo, sente que pode dar certo por intuição, você tenta.

Todavia pra usar isso é necessário um grande controle das emoções. Pois você deve estar super confiante e seu jogo interno bem fundamentado.

Pra amplificar resultados em agir por instinto você pode tentar aumentar sua libido com capsulas, cuidar da suade e alimentação, manter sempre uma postura corporal alpha, treinar sua voz, tudo que remete ao “alpha do bando”.

Pois você vai se sentir bem, confiante e com desejo, o que te impulsiona a ir até agora. O instinto deve ter a função de lhe dar “energia, confiança e firmeza” pro flerte, é uma questão mais interna.

Mas ao agir assim você deve entender que muitos desses sentimentos são retrógrados. O medo de abordar ou o ciúmes exagerado por exemplo.

A questão é usar a razão e pensar se é útil ou não esse sentimento. E quais valores você está demonstrando. Usar o instinto primitivo pro flerte, caí bem principalmente pro método de flerte direto.

Mas entenda que instinto sem intuição é algo cego, pois vai ter comportamentos inconsequentes.

Renato Marques
Últimos posts por Renato Marques (exibir todos)

Entendi, mas o que eu faço agora?

Aprendi da maneira mais difícil que mesmo após ter entendido tudo o que está aqui, ainda sim é importante trabalhar o processo de sedução desde o inicio para ter sucesso com as mulheres.

Existem cursos presenciais de ótima qualidade mas que infelizmente possuem preços nem um pouco acessíveis, e portanto muitos homens que precisam desse conhecimento não vão poder ter acesso.

Como sei que é fundamental para ter sucesso com as mulheres aprender tudo sobre atração e sedução, digo por experiência própria que o curso do Bruno consegue te ensinar tudo o que você precisa saber para fazer qualquer mulher sentir fortes desejos por você.

Você vai perceber que os resultados do curso completo são bem mais satisfatórios do que aplicar uma única técnica por vez.

exclusivo