≡ Menu

Porque Ela Responde Com Mensagens Curtas e Como Responder

ela-responde-com-mensagens-curtas

Mesmo pra quem tem habilidade em flertar ao vivo e a cores (que é o correto), acaba se tendo a necessidade de em algum momento conversar a distância. Afinal hoje em dia nós conversamos por WhatsApp mais do que por ligação.

E quem não tem uma boa habilidade em manter conversas assim acaba se tendo problemas nesta etapa.

Entre esses problemas, podemos citar o momento onde a garota começa a dar respostas exageradamente curtas ou secas. Da mesma forma não investindo na conversa em nenhum momento.

Aqui neste post vamos falar o porque dela responder de forma tão curta (as vezes até monossilábica), o que se pode fazer pra incentivar ela responder, e que cuidados devemos ter ou o que devemos pensar na hora de conversar com uma garota a distância.

Porque ela responde de forma curta?

O principal motivo de uma mulher entregar apenas mensagens curtas como resposta é porque ela não se sente motivada a investir na conversa. Existem várias possibilidades do porque isso acontece a mais comum é que você não consegue entregar uma conversa interessante para ela investir.

Ela não sente atração por você

Simples assim. Você não flertou tão bem quanto acreditava. As respostas curtas sem perguntas da parte dela, sem investimento, podem ser uma forma proposital de te deixar desconfortável e fazer você desistir.

Ela espera você agir ou é simplesmente tímida

Verdade seja dita, o homem tem que ser capaz de puxar assunto e entreter ela, pegar o interesse dela.

No início ela vai esperar e ver o que você é capaz de fazer. É muito raro a garota já vir toda animada puxando assunto e manter a conversa, então não conte com isso. Ela espera por você.

Má escolha de palavras

Puxou assunto com perguntas fechadas “Que tipo de música você gosta?” e ela responde “Rock”. E ai? Você vai fazer o que depois disso?

As vezes você pergunta coisas que a reposta pode vir como “Legal” ou “normal”. Evite repostas curtas e escolha perguntas abertas.

Tenha em mente que sua escolha de palavras, a forma como diz, é mais importante do que o que você diz. Então lembre-se de fazer perguntas que ela tem que usar mais palavras pra responder. “Me fale sobre…” é melhor do que uma pergunta fechada por exemplo.

A conversa não tem emoção

Para as mulheres é muito importante o uso da emoção na conversa. Uma conversa que tenha algum conteúdo afetivo vai prender ela mais e vai fazer ela se soltar mais.

Em comparação a isso, conversar friamente torna uma conversa monótona.

Não criou conforto

Você acabou de conhecer ela. Então ela está em guarda. Revele coisas com conteúdo afetivo da sua parte, puxe da boca dela conteúdos do gênero.

Use humor, quebra gelo, provoque com brincadeiras, etc. Isso faz ela relaxar e abaixar a guarda.

Além disso, ela tem nichos de gostos que adora falar. Você certamente não cutucou esses nichos. Do contrário ela se empolgaria.

Ela não está imersa na conversa

Ela está ocupada, vocês estão dando pausas muito longas entre uma conversa e outra, a atenção dela está dividida, etc. Qualidade de conversa é melhor que quantidade (tempo).

Que tipo de mensagens deixa ela mais à vontade pra responder?

Instigando curiosidade: “você não sabe o que aconteceu”.

Ênfase pra humor: Seguindo anterior, poderia ser “Olha o que meu (seu, pet, cachorro, gato, etc) Fez. Olha a cara de inocente desse safado!” (convém guardar foto dos pets).

Perceba que o uso da ênfase aqui faz o foco dela ir pra interação, além do valor afetivo do bichinho. Uso de ênfase é uma forma de humor e de conseguir atenção.

Você abaixar a guarda primeiro: “Sabe, isso me lembra de uma vez…” E contar uma história com profundo valor afetivo. Algo da infância, um sonho, etc.

E depois perguntar se ela tem algo assim. Lembre que o afeto sempre deve ser usado pra deixar ela confortável, pra criar um certo vinculo emocional.

Satirize ou ironize ela com bom humor: Após o “o que você gosta de fazer?” se ela disse algo como “Ficar em casa ouvindo música”. Você poderia dizer “Nossa, que radical, você e minha bisavó se dariam super bem”.

Ou após ela dizer que a casa favorita dela do Harry Potter é da sonserina, você soltar uma piada sobre o tema “Sabia que você era má influência. Dá pra sentir o cheirinho da maldade daqui”.

Essas ironias tornam a conversa mais leve, ela fica com vontade de se explicar ou se provar, além de que você mostra um certo tato social. A conversa se torna mais gostosa e fluida.

Puxe da boca dela os temas que ela gosta: Se viu que ela curte filosofia, puxe o assunto pra esse tema. Perguntando por exemplo qual o autor favorito dela.

Se é literatura, qual o personagem ela mais gosta. Ela vai adorar falar sobre ele, principalmente porque ninguém puxa conversa pra esse lado mais pessoal (Pessoal aqui no sentido de secreto, o personagem que você se identifica, ou seja, que de alguma forma reflete seu modo de agir, pensar, desperta emoções, etc).

Então ache o nicho de interessa da garota, puxe a conversa pra esse lado, focando especificamente no que de afeto que ela teria nesse tema.

Qual a principal preocupação ao se trocar mensagens?

Na verdade são duas coisas: a capacidade de criar emoções, seja usando linguagem emocional, intercalando entre áudio e texto, seja usando de humor, seja puxando memórias efetivas da infância, sonhos, personagens que se identifica, formas mais pessoais de agir e pensar, filosofias de vida, inseguranças, medos, tudo que puder produzir alguma emoção. Sem isso a conversa se torna desinteressante ou fraca.

A segunda preocupação é criar valor: é essencial que você demonstre mecanismos de atração nas entrelinhas da conversa.

Claro que criar emoção, ser imprevisível, ironizar, tudo isso gera atração e conta como mecanismos. Mas lembre-se dos mecanismos de natureza evolutiva que geram atração:

Segurança, confiança, pré-seleção, proteção dos amigos, fartura, saúde, sociabilidade, amante das crianças e animais, determinação, saber o que quer, perspectiva de futuro, imprevisibilidade, liderança, coragem, etc.

Então se na conversa você manda uma foto e diz que acabou de voltar de algum role por que seus amigos viram na sua porta pra te chamar. Isso é sociabilidade.

Se você manda uma foto de um bichinho de rua que parou na rua pra acariciar e falar algo sobre ele. Isso é proteção dos animais.

Se comentar algo sobre uma historia assustadora que passou (sei lá, o dia que estavam vendo o filme invocação do mal e um copo quebrou), mas bem de leve você cita uma ficante sua da época como personagem secundária da história. Você passa pré-seleção nas entrelinhas. Os mecanismos de atração devem aparecer.

Os mecanismos de atração fazem ela sentir atraída e te ver como alguém de valor, querer conversar.

Emoções, fazem ela gostar de conversar. E afetos, lembranças ou temas com ternura e mais pessoais, fazem ela se sentir a vontade pra conversar. Ao juntar tudo você consegue evitar mensagens curtas no WhatsApp.

Renato Marques

Entendi, mas o que eu faço agora?

Aprendi da maneira mais difícil que mesmo após ter entendido tudo o que está aqui, ainda sim é importante trabalhar o processo de sedução desde o inicio para ter sucesso com as mulheres.

Existem cursos presenciais de ótima qualidade mas que infelizmente possuem preços nem um pouco acessíveis, e portanto muitos homens que precisam desse conhecimento não vão poder ter acesso.

Como sei que é fundamental para ter sucesso com as mulheres aprender tudo sobre atração e sedução, digo por experiência própria que o curso do Bruno consegue te ensinar tudo o que você precisa saber para fazer qualquer mulher sentir fortes desejos por você.

Você vai perceber que os resultados do curso completo são bem mais satisfatórios do que aplicar uma única técnica por vez.

exclusivo